Filosofia e saúde mental

O que pode a filosofia fazer pela psiquiatria? O começo de uma resposta a esta pergunta será ensaiada em uma mesa redonda com três pesquisadores que transitam entre a filosofia e as ciências da saúde mental. Os temas centrais das apresentações serão a natureza das classificações psiquiátricas e o papel da experiência subjetiva na explicação e tratamento psiquiátricos. O objetivo deste encontro é apresentar o estado da arte do diálogo entre filosofia e psiquiatria para o todo público interessado, sejam aqueles envolvidos com as ciências humanas, com as ciências da saúde, ou ambas.

 

Elizabeth Rabelo (USP): Um século de suicídios—de pecado a doença mental 

Tércio Eliphas (UFMG): Ian Hacking e os tipos interativos

José Eduardo Porcher (FAJE): Essencialismo sobre categorias psiquiátricas

 

Dia 15 de dezembro, sexta-feira, de 14h às 15h30

 

Evento gratuito. Participação aberta.

 

 

Detalhes
Resultados 1 - 1 de 1