Um Poema

photo.net

 

Não sei quantas vezes chorei

a boneca de papelão

que se desfez na água 

quando lhe dei um banho. 

Eu não sabia que podem ser tão breves

as coisas que abrigamos no próprio coração. 


Graça Pires