Um Vídeo

_Mas vais fazer 800 km? Para um funeral de uma pessoa que já nem vai estar presente?
_Sim, é um grande amigo.
_Mas ele é super popular: vai lá estar meio mundo.
_Sim.
_E vais perder um dia de trabalho.
_Pois.
_Até aposto que a família dele nem vai dar conta de que lá estiveste…
_Sim, pode acontecer. Mas decidi que não vou por ninguém. Vou por mim. Preciso de ir. Aliás, os funerais não são pelos que partiram. São pelos que cá ficam.

PS. Há uma luz incisiva que só se recebe quando nos pomos, cara a cara, diante da morte. Quem quiser pode aproveitar esta excelente mini-TED de Ric Elias, passageiro do vôo 1549 que 'aterrou' no rio Hudson, em janeiro de 2009: 5 minutos para iluminar a semana (ou, quiçá, a vida!).

 

In: Blog Ver para além do olhar - João Delicado (Portugal)