Literatura

A vida no espelho do texto

 
A vida no espelho do texto
 
Contemplando a significação das palavras, decifrar a vida no espelho do texto é o que nos propomos a cada vez. A literatura como dádiva, partilha do comum reinventado. Guimarães Rosa é o autor lido pelo grupo atualmente.
 
O Grupo se reúne uma vez por mês no Centro Loyola. A participação é aberta a todos e gratuita.
 

Dias: 20 de agosto; 17 de setembro; 15 de outubro; 19 de novembro.

 
Segundas-feiras, de 19h30 às 21h.
 

 

 
Detalhes

Grupo de Estudos Dostoievski

 

Grupo de Estudos Dostoievski (novo grupo)

Coordenador: Ricardo Fenati

 

Leitura partilhada e reflexão de livros de Dostoievski. 

 

14 e 28 de agosto; 11 e 25 de setembro; 9 e 23 de outubro; 6 e 30 de novembro.

Terças-feiras, de 17h30 às 19h.

 

Informações e inscrições: 3342-2847

 

 

Detalhes

Perto do coração selvagem

Perto do Coração Selvagem

Marília Murta 

Leitura comentada do romance Perto do coração selvagem, de Clarice Lispector, acompanhando a personagem Joana em sua experiência de defrontar-se e confrontar-se com as várias facetas de si mesma e dos outros à sua volta, na busca de alguma verdade visceral que possa dizer do coração selvagem da vida humana. 

4 e 11 de agosto; 1 e 15 de setembro; 6 outubro

Sábados, de 9h às 12h

Investimento: R$ 25,00 por encontro

Informações e inscrições: 3342-2847

 

 

Detalhes

Literaturas de língua Portuguesa

 

Literaturas de Língua Portuguesa

Pós-graduação/ Atualização pela FAJE

 

Camões

Audemaro Taranto

18 e 25 de agosto

 

Machado de Assis

Raquel Guimarães

15 e 29 de setembro

 

Guimarães Rosa

Márcia Morais

20 e 27 de outubro

 

Mia Couto

Nazareth Fonseca

24 de novembro e 01 de dezembro

Sábados, de 9h às 12h

 

Informações: 3342-2847.

Detalhes

Machado de Assis

Machado de Assis: contos

Prof. Dr. Raquel Guimarães 

Conhecido por seus romances perfeitos, Machado de Assis foi também mestre na escrita de contos. Neste módulo serão feitas leituras de contos fundamentais de Machado de Assis e de suas advertências deixadas nas seguintes coletâneas organizadas pelo escritor: Papéis avulsos, Várias histórias, Páginas recolhidas e Relíquias de Casa Velha.

Dias: 15 e 29 de setembro – sábados de 9h às 12h

Investimento: R$ 100,00

Informações e inscrições também pelo fone: 3342-2847.

Detalhes

Guimarães Rosa

Guimarães Rosa

Prof. Dr. Márcia Morais

 

Programa:

I - Introdução: Vida e obra de Guimarães Rosa, para contextualizar os textos da produção literária do autor que serão lidos, analisados e interpretados. 

II - Desenvolvimento:

         1 - Contos de Primeiras estórias - serão lidos, conjuntamente, dois contos do livro ( 1º - "Famigerado" e 2º -  " Sorôco, sua mãe, sua filha"), como "prática" de leitura rosiana  e como preparo para a leitura do romance.

        2 - O romance Grande sertão: veredas - paráfrase;  estratégias do autor para multiplicar as várias direções de leitura; leitura intersubjetiva de dois episódios do romance ( 1º - O encontro de Riobaldo e Diadorim  e  2º - As revelações do amor na Guararavacã do Guaicuí).  

III - Conclusão

       A importância do trabalho com a linguagem na leitura das obras de Guimarães Rosa - o par indissociável " forma/ conteúdo" na caracterização da literatura como arte. 

Dias: 20 e 27 de outubro – sábados, de 9h às 12h

Investimento: R$ 100,00

Informações e inscrições também pelo fone: 3342-2847.

 

Detalhes

Mia Couto

Mia Couto

Prof. Dr. Maria Nazareth Soares Fonseca

(Pesquisadora do CNPq e do Centro de Estudos Africanos, da UFMG).

 

Como faz a literatura moçambicana, escrita em língua portuguesa, para dialogar com as diferentes línguas orais faladas em diversas regiões de Moçambique?  Essa questão é abordada pela ficção de Mia Couto, quando privilegia o uso de um português atravessado por expressões, invenções, “brincriações” e, sobretudo, por marcas de oralidade impressas numa língua literária que desestabiliza a expectativa do leitor, porque coloca em xeque a língua portuguesa oficial.  

No breve curso sobre a obra do escritor moçambicano, pretende-se discutir características da escrita inventiva do escritor, vendo-as como elemento de criação de histórias que se valem de outras linguagens como o mito, a máxima, provérbios e neologismos e da intenção de criar uma nova cultura em português. Uma cultura que, como acentua a crítica Inocência Mata (1998, 267), exibe “uma obra variegada, sem medo da língua, e decidida a “desinventar” sentidos e normas e a rasgar e acrescentar sonhos, que os portugueses iniciaram há cinco séculos nos portos de expansão”. 

Dias: 24 de novembro e 01 de dezembro – sábados, de 9h às 12h

Detalhes

Escritas do crer no corpo

Lançamento do Livro "Escritas do crer no corpo"

Dia 28 de setembro, às 19h30, no Centro Loyola.

O livro foi organizado pelos professores Geraldo de Mori sj e Virgínia Buarque. O livro é um desdobramento do 2º Colóquio Interfaces: literatura, teologia e corporeidade, realizado em setembro de 2017.

Participação aberta.

Informações: 3342-2847.

 

Detalhes
Resultados 1 - 8 de 8