Uma Música

Canção Amiga

letra: poema de Carlos Drummond de Andrade

interpretação: Milton Nascimento

 

Eu preparo uma canção em que minha mãe se reconheça,

todas as mães se reconheçam, e que fale como dois olhos. 

Caminho por uma rua que passa em muitos países.

Se não se vêem, eu vejo e saúdo velhos amigos. 

Eu distribuo um segredo como quem anda ou sorri.

No jeito mais natural dois carinhos se procuram. 

Minha vida, nossas vidas formam um só diamante.

Aprendi novas palavras e tornei outras mais belas. 

Eu preparo uma canção que faça acordar os homens

e adormecer as crianças.

 

Que canção tocamos? 

Todos os dias, precisamos tocar e ouvir a canção que cristaliza a nossa vida, a voz que entra, invade e toca a alma, desnuda o nosso ser...

Canção que abre e aponta o caminho, reconhece o espaço e o ser.

 

É preciso ser canção, ainda que silenciosa, mas que possibilite o reconhecimento de quem escuta e olha. 

Canção que acalma, acorda e abre!

 

"Sede assim qualquer coisa isenta, serena, fiel:

flor que se cumpre sem pergunta."

Cecília Meireles

 

Marcelle Durães

Equipe do site