Uma Exposição

 

Montanhas, fazendas, estradas de terra, vilarejos... quando pensamos em Minas Gerais, essas costumam ser as primeiras imagens que vêm nas nossas lembranças. Mas a artista mineira Cristina Paiva nos mostra que Minas apresenta outros lugares bem diferentes. Além dos casarios antigos, as montanhas escondem prédios e lojas. Cidades rurais se configuram na paisagem em harmonia com cidades urbanas.

 

Passeando por Minas, Cristina mira cenas de “Namoro na chuva”, estação de trem, “Descanso na praça”, janelas e portas de cidades históricas. O ritmo das pessoas parece estar desacelerado, contemplativo, silencioso. Pelas ruas estreitas e pedregosas de alguma cidadezinha noturna, desce da igreja a procissão em devoção à Virgem Maria. Dentro das casas, a religiosidade é marcada por oratórios que inspiram a produção da artista. Surgem cerâmicas representando São Francisco de Assis, Divino Espírito Santo e Nossa Senhora Aparecida. As construções antigas do período colonial carregam o suor da cultura africana, rememorada em grandes peças também em cerâmica. Cristina está atenta a cada detalhe, cada canto que traz possibilidades artísticas. Pode ser uma jarra de flores sobre a mesa, uma estante de biblioteca ou até mesmo o recorte de um “Teto antigo”. O olhar da artista percorre caminhos que, às vezes, passam despercebidos por nossa visão desatenta.

 

As pinturas e cerâmicas de Cristina compõem cenários dessa paisagem mineira cotidiana e nos oferecem a oportunidade de encontrar beleza naquilo que consideramos comum.

 

 

Exposição Cenários Mineiros

Local: Colégio Loyola - Av. do Contorno 7919 - Belo Horizonte-MG

Período: 11 a 30 de abril de 2012

 

Amanda Lopes

15.04.2012