Uma Exposição

Prato de Resistência (En Tenue de Ville), de 1976: desenho

 

“Cabeça” dará a oportunidade ao público de conhecer – pelos olhos do próprio artista, Milton Machado, que assina a curadoria e o projeto expográfico – uma seleção de obras pertencentes a diferentes coleções, agora reunidas.

 

A primeira sala receberá as esculturas “Hi-Fi” e “Pilha”. Na sala 2 serão exibidos vários vídeos, entre eles “Vermelho” – premiado no festival Video Brasil – “Pintura” e “Edifício Galaxie”, produzidos em diversas épocas.

 

A sala 3 será dedicada aos desenhos dos anos 1970 e 1980, desenhos da série “Conspiração Arquitetura” – tais como “Cidade Fictícia Invadida Por um Mar de Ignorância Real, Cidade Real em Chamas” e “Hotel Tropical na Baía de Guanabara”– além de desenhos recentes, produzidos nos últimos três anos. Na sala 4, o destaque são as fotografias, como “Michelangelo com Faróis” e “Two Weddings”, produzidas especialmente para a exposição no CCBB.

 

A Sala 01 reunirá esculturas, pinturas, objetos e desenhos de diferentes épocas. Dentre os destaques, a escultura “Semáforo”, exposta na 19ª Bienal de São Paulo, em 1987. A instalação “21 Formas de Amnésia”, de 1989, um dos trabalhos mais relevantes da produção do artista, ficará na sala 02.

 

A sala 03 receberá “História do Futuro”, trabalho-em-progresso iniciado em 1978, do qual faz parte a escultura “Módulo de Destruição atravessado por Nômade”, com desenhos, fotografias, estudos preliminares, o livro de mesmo título e o vídeo produzido para a 29ª Bienal de São Paulo. A sala 04 abrigará a instalação inédita “Paraíso”.

 

Milton Machado

Carioca, 68 anos, Milton Machado é arquiteto pela FAU / UFRJ (1970), mestre em Planejamento Urbano pelo IPPUR / UFRJ (1985) e doutor em Artes Visuais pelo Goldsmiths College University of London (2000). Realizou 26 exposições individuais, participou de coletivas relevantes, no Brasil e no exterior, tais como o Panorama, no MAM São Paulo (em que recebeu o prêmio de desenho em 1991); as 10ª, 19ª e 29ª edições da Bienal de São Paulo; a 7ª Bienal do Mercosul; Europalia, em Bruxelas; Imagine Brazil, em Oslo e Lyon, entre dezenas de outras. Tem trabalhos em coleções emblemáticas de arte brasileira e latino-americana, tais como Gilberto Chateaubriand/MAM-RJ, João Sattamini/MAC-Niterói, MALI/Lima-Peru, ESCALA/Colchester-UK e Daros Latinamerica/Zurique-Suíça. Tem textos publicados em livros, revistas, jornais e na internet. É professor associado do Departamento de História e Teoria da Arte e do PPGAV-Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais, Escola de Belas Artes EBA / UFRJ. Dedica-se ao estudo e à prática amadora da música, é escritor, poeta, palestrante e pesquisador. Milton Machado é representado pela Galeria Nara Roesler.

 

Local: Centro Cultural Banco do Brasil

Endereço: Praça da Liberdade, 450 – Funcionários

Observações: Informações: (31) 3431-9400

Valor: Gratuito

Horário: Quarta à segunda, de 9h às 21h

Site: http://www.ccbbbh.com.br

Data final: 30/03/2015