Uma Exposição

 
"31ª Bienal de São Paulo - "Como (…) Coisas Que Não Existem"
 
Entre os dias 26 de junho e 9 de agosto, o Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537 - Centro) recebe mais de 20 projetos da "31ª Bienal de São Paulo - Como (…) coisas que não existem".
 
A mostra, que tem curadoria de Charles Esche, Galit Eilat, Nuria Enguita Mayo, Pablo Lafuente e Oren Sagiv, reúne na Grande Galeria Alberto da Veiga Guignard, nas galerias Arlinda Correa Lima e Genesco Murta e no Cine Humberto Mauro, trabalhos de artistas de 16 países. No recorte que chega à Fundação Clóvis Salgado, em uma parceria com a Fundação Bienal de São Paulo, o público confere projetos que se destacam pela contemporaneidade.
 
 A relação de obras traz fotografias, vídeos, instalações, desenhos e também performances. Ao se adequarem às características da FCS, as obras adquirem novas potencialidades. Para o curador Pablo Lafuente, os projetos de Graziela Kunsch, Arthur Scovino, Ana Lira e da mineira Marta Neves, são alguns dos projetos que ganham outra dimensão.
 
Intitulado "Não Ideia", o projeto de Marta Neves expõe momentos da vida em que o ser humano é obrigado a pensar e agir de modo automático. A belo-horizontina vai ocupar diversos espaços da Fundação Clóvis Salgado com faixas que trazem frases sobre situações não resolvidas e de fracasso.
 
"Casa de Caboclo", de Arthur Scovino, será instalada na galeria Genesco Murta e reúne fotografias do próprio artista, símbolos religiosos e elementos naturais, como samambaiais e espadas-de-são-jorge. A proposta de Scovino é estabelecer uma relação entre os objetos que ocupam a casa com a imagem do caboclo, figura conhecida pela miscigenação étnica.
 
 
Evento: 31ª Bienal de São Paulo – Obras Selecionadas
 
DATA: De 26 de Junho, Sexta a 09 de Agosto, Domingo
 
HORÁRIO: Galerias: Terça a sábado de 9h30 às 21h I Domingos de 16h às 21h 
 
LOCAL: Grande Galeria Alberto da Veiga Guignard, Galeria Genesco Murta, Galeria Arlinda Corrêa Lima
 
CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA
Livre com exceção da obra “Sergio e Simone” de Virginia Medeiros, com classificação indicada de 18 anos
 
INFORMAÇÕES PARA O PÚBLICO
(31) 3236-7400