Desdobramentos

Nenhum. 
O rio não discute com os obstáculos.
 
Primeiro: 
não lhe chama 'obstáculo'; 
nem 'problema';
chama-lhe circunstância.
 
Segundo: 
se o rio encontra uma 'circunstância' 
ou contorna por um lado ou pelo outro
ou acumula água suficiente até passar por cima
ou encontra modo de passar por baixo.
 
Portanto:
Um rio nunca discute. 
Nunca luta.
Nunca reclama. 
Nunca perde tempo a lamentar-se.
 
Rio que é rio
aceita o que encontra
e segue o seu caminho.
 
João Delicado
In: verparaalemdoolhar.blogspot.com