Uma Música

Insensatez

Tom Jobim

A insensatez que você fez
Coração mais sem cuidado
Fez chorar de dor
O seu amor
Um amor tão delicado
Ah, porque você foi fraco assim
Assim tão desalmado
Ah, meu coração que nunca amou
Não merece ser amado

Vai meu coração ouve a razão
Usa só sinceridade
Quem semeia vento, diz a razão
Colhe sempre tempestade
Vai, meu coração pede perdão
Perdão apaixonado
Vai porque quem não
Pede perdão
Não é nunca perdoado

Amor que é amor permanece. Na liberdade, trabalha as limitações, supera as barreiras e dificuldades no cuidado atento.

Amor é escolha e dá muito trabalho amar.

Superar as mazelas, ver além da margem, perdoar.

Amor é caminho...

Insensatez é não amar, viver um mundo de ilusão e não saber perdoar.

 

"Não quero faca, nem queijo. Quero a fome."

Adélia Prado

 

Marcelle Durães

Equipe do site