Teologia

Teologia Cristã Contemporânea

Curso de Teologia cristã contemporânea

Pós-Graduação - Aperfeiçoamento 

O Centro Loyola e a Faculdade Jesuíta oferecem o curso de Teologia Cristã Contemporânea. Destina-se a pessoas que se interessam pela teologia e agentes de pastoral. 

Aprender Teologia é se dispor a empreender uma “viagem” pelos caminhos da fé cristã.  O curso oferece “mapas” para o percurso nas raízes da tradição cristã e no conhecimento da vida interior, ajudando a redescobrir quem somos e o que acreditamos. 

O curso pretende ser uma sólida introdução ao estudo da Teologia, oferecendo instrumentos para a compreensão do pensamento cristão com um alcance existencial, espiritual e pastoral, em diálogo com a cultura contemporânea. 

As aulas acontecem às 2ªs e 4ªs feiras, das 19h30 às 21h30, no Centro Loyola.  

Disciplinas fundamentais

Primeiro ano

- Fundamentos do Crer                                               

- Um Deus que se revela                                             

- A vida como dom: criação e salvação                        

- História do Povo da aliança: uma introdução à Bíblia    

- Narrando Jesus: Mateus, Marcos, Lucas                     

- A revelação do Verbo: Escritos de João                      

- Pluralismo cultural e religioso                                     

- Mística e Espiritualidade cristã                                   

Segundo ano

- Cristologia: fé e seguimento de Jesus                          

- Paulo e o anúncio do Evangelho                                  

- A Igreja na História                                                    

- Eclesiologia: sentir com a Igreja                                  

- Liturgia e vida cristã                                                   

- Ética cristã: corpo, afeto e relações                               

Terceiro ano

- Trindade: Deus, mistério de amor                                 

- Escatologia: a morte e o sentido último da vida              

- Sacramentos e vida cristã                                            

Inscrições ainda abertas 

Para a certificação de pós-graduação Aperfeiçoamento, entregar na secretaria do Centro Loyola os seguintes documentos:

-Cópia do diploma ou certificado de conclusão do curso de graduação.

-Cópia simples da Identidade e CPF.

-Uma foto 3x4

Critério de Seleção: Entrevista com a coordenação.

Investimento

10 mensalidades de R$ 210,00 reajustáveis a cada ano.

Início das aulas:05 de março de 2018 

Informações e inscrições: de 2ª a 5ª feira, das 13h às 21h e 6ª feira de 13h às 18h.

Secretaria do Centro Loyola: Rua Sinval de Sá, 700 – Cidade Jardim.

Fone: 3342-2847

 

 

Detalhes

Sabedoria e poesia: leitura bíblica para hoje

 

Sabedoria e poesia: uma leitura bíblica para hoje

Frei João Junior 

Livro sagrado para os crentes de mais de uma religião, superclássico da literatura, chave indispensável para decifrar o pensamento e a história, objeto interminável de curiosidade, de recepção e estudo, a Bíblia requer, evidentemente, uma arte da interpretação. Este curso pretende nos ajudar na experiência da leitura bíblica que é uma janela, um espelho, uma fonte e luz imprescindível para o caminho de quem crê. 

Dias: 3, 10, 17, 24 de abril - Terças-feiras, de 19h30 às 21h30 

Investimento: R$ 100,00.

Informações e inscrições: 3342-2847

 

Detalhes

A fé como chave de leitura da existência

A fé como chave de leitura da existência

Pe. Eugenio Rivas sj 

“Nosso objetivo humano mais excelso é encontrar a Deus. Nascemos do amor, nos mantemos com vida por amor, e a plenitude da vida chega quando reconhecemos esse amor e o abraçamos livremente” (GS, 19). O ser humano vive sua existência como uma busca de sentido e essa busca pode ser identificada com o que chamamos de fé. Buscamos explicitar esta busca como uma experiência para a qual não se tem nem dicionário, nem gramática. Somos cartas do Cristo escritas “não com tinta, mas com o Espirito do Deus vivo” (2Co 3, 3). O itinerário de cada existência é o itinerário da fé, uma trama perene de desejo e descobrimento, de liberdade onde afloram as nossas perguntas mais profundas. 

3, 10, 17 de maio - Quintas-feiras, de 19h30 às 21h30. 

Investimento R$ 100,00.

 

Informações e inscrições também pelo fone: 3342-2847.

 

Detalhes

Tornar-se alimento

Tornar-se alimento: um itinerário Bíblico-Eucarístico de conversão

Pe. Francys Silvestrine Adão sj

Na nossa vida quotidiana, a qualidade de nossas relações interpessoais e do uso dos bens que temos à disposição está sempre ameaçada por uma atitude pouco ou nada evangelizada: a "devoração" do outro. A sabedoria das Escrituras santas não nega esta realidade, mas a situa num itinerário mais amplo de amadurecimento espiritual da humanidade e de revelação do mistério de Deus. Para aprofundar esta questão, este curso propõe uma leitura de algumas figuras bíblicas que ajudam a pensar a conversão humana em relação à alimentação (como fonte de vida e de prazer), indo do ideal de hospitalidade e de comensalidade - tal como o "banquete para todos os povos", no Antigo Testamento - à radicalidade da entrega eucarística assumida e proposta por Jesus. 

5, 12, 19, 26 de junho - Terças-feiras, de 19h30 às 21h30

Investimento: R$ 100,00. 

Informações e inscrições também pelo fone: 3342-2847

Detalhes

Amor ético e silêncio místico

Amor Ético e Silêncio Místico: Uma Abordagem Bíblica

Pe. Cyril Suresh sj

A civilização do amor humano é confrontada pelo sentimentalismo e pela atitude ética. O amor autêntico exige a liberdade. Na bíblia o amor do homem livre não pode surgir senão com a experiência de ser historicamente amado. Amar não é questão de sentimento, e sim de compromisso com aliança. Amar o inimigo é convencê-lo a deixar de praticar o mal que o torna meu inimigo. É não querer para ele o mal que fez a outros e orar para que modifique o seu modo de proceder. O amor não apenas pressupõe uma disposição interna nascida de algumas experienciais e vivências, mas refere-se, de per si, a uma ação ética, decidida e consciente em favor da pessoa amada ou do objeto preferido. Assim, o mandamento do amor é algo da vontade e não apena do afeto.

O silêncio é nosso paraíso perdido e às vezes reencontrado. O silêncio contribui para o ser interior, para alianças humanas, para a alegria da vida, para a revelação divina. É possível relacionar-se no silêncio com Deus, com os próximos, ao mesmo tempo, com cada entidade do universo. O silêncio pode caracterizar paradoxalmente tanto os sábios quanto os tolos, que nada sabem dizer. Por um lado, o silêncio é positivamente marcado por eloquência saudável, solidão confortável, mística insondável, etc. Por outro lado, ele é notável por seu caráter negativo de ausência mortal, solidão insuportável, indiferença fria, resistência interna, imposição imperiosa, medo paralisante, acomodação seca, escondimento estéril, etc. O silêncio também pode ser um remédio que facilita a saúde e o descanso salvífico para a humanidade. Este é evidente no silêncio da Cruz de Jesus.

A hodierna compreensão do amor e do silêncio tem múltiplas facetas, como espirituais, eclesiais, éticas, políticas, filosóficas, culturais, entre tantas outras. Os profundos potenciais deles, alimentados pelas diversas gerações e diferentes tradições, têm sua influência também na arte, na yoga e na liturgia em sintonia com a criação toda. É indispensável dialogar com este duplo aspecto criativo de amor ético e silêncio místico que está profundamente vinculado na Bíblia.

Dia 26 de maio, sábado, de 9h às 12h

Detalhes
Resultados 1 - 5 de 5