Um Vídeo

 

 

Você tem medo de dizer eu te amo?

O ar surpreendido e feliz de Tan Hong Ming ao descobrir que o medo que o prendia era infundado me cativou.

Quantas vezes deixamos de dizer o que sentimos, por vergonha ou medo? Ficamos tristes com alguma coisa que não entendemos e estranhamos, mas não perguntamos ou questionamos. O que nos prende é o MEDO. Medo da reação, da resposta, do desconhecido ou mesmo da mudança que daí pode vir, mesmo que seja exatamente a mudança que há muito tempo sonhamos...

Amar é sempre um risco, uma aventura nas margens do desconhecido, do surpreendente.

 

Lucimara Trevizan

06.02.2012